Estudar melhor e com mais foco

Publicado em: 12 de agosto de 2019


Pois é, estudar. Sejamos sinceros: se não for sobre algo que gostamos, enrolamos e fingirmos que “esquecemos”.

O problema está aí, querer ficar na zona de conforto e isso é péssimo em todos os sentidos.

Então agora é o momento certo: o que fazer para se tornar um alunx melhor?

Clichê

O óbvio: Cronograma.

Fato: se não tiver um calendário para sua semana, tarefas e outros, não vai acontecer!

Uma coisa atrapalha a outra – efeito dominó nos seus planos; estabeleça prioridades e o tempo (início-fim) e quais são as possibilidades de economizar tempo e fazer com qualidade.

Contudo já que o foco é estudar, passemos para next etapa: alunxs.

Estudantes

Claramente, reconhecer quais são os pontos bons e ruins de seus conhecimentos é ouro, dará + tempo para focar em desconhecimentos (palavra esquisita, né?).

E isso se aplica fortemente ao time de estudar sobre qualquer coisa – vocês pais que ajudam os filhotes nos ‘deveres de casa’ passem a observar detalhadamente em quais são os erros que sua criança comente mais e tente tirar um dia para ensina – lá, assim acabará de vez com isso.

Sometimes é uma coisa tão boba.

estudar

Fixo

Importante: ter um lugar para estudar é uma ajuda de 0 a 100, com certeza!

Portanto, escolha um local que seja leve, fresco e -se possível- iluminado pelo sol para justamente relaxar e deixar fluir a mente. (Calma, não é para distração, foco camarada!).

Em outras palavras, ter esse espaço além de facilitar faz com que o cérebro perceba e fixa que aquele lugarzinho é para concentração/estudos e com o decorrer dos dias, semanas, isso será normal e fluirá o aprendizado.

OBS: não deixe objetos por perto (no local) que possam tirar atenção.

Hábito

Sim, tem que ter!

Essa palavra sempre nos lembra ‘alimentação saudável’.. virou um bordão universal, mas enfim.

Tudo que você leu nesse poste além de ter que tentar, terá que se transformar em hábito porque somente assim que vai passar de ‘chato’ para ‘normal’ podendo até ser automático.

Alimentação: outro fator de contribuição para os estudos. Você sabia que falar sobre os benefícios dos alimentos incentiva seu filhx (acho que até com os adultos) a comer mais e melhor??

Yes, funciona! Deixarei um link no final sobre.

Limites e Exercícios

Praticar ajuda, fazer-se hábito melhora, e gostar, se transforma em passatempo. Exercícios complementares podem ser feitos de diversas formas, com várias fontes para estudo, entretanto, há limites.

Excessos sempre farão mal. FATO! Estudar demais também; o recomendável é da tempo entre os estudos e de preferência alternar nos assuntos e matérias.

Exemplos: Serão 4 horas de estudo no dia = dê um intervalo entre essas 2 horas, faça qualquer coisa para ignorar o caderno e livros na mesinha.

Além disso, misture assuntos diferentes: hoje português; amanhã inglês ou geografia.

Entendeu? É bem tranquilo. Forçar estudos só dificulta a memorização e deixa a cabeça dolorida.

Descrição imagem: Fundo é uma floresta. Há duas crianças, uniformizadas segurando um caderno e olhando para ele. Há uma feixe do sol iluminando elas.

Links


Ética: como ensinar para as crianças

Respeito, empatia e educação, são três de outros fundamentos que fazem parte da ética, que…

Leia mais >>

Tecnologia e aprendizado dentro das salas

As formas que se utiliza a tecnologia no cotidiano as vezes é muito simples e…

Leia mais >>

Composições & músicas

Formada em Arquitetura, e atualmente reconhecida como compositora, cantora em ascensão ‘nas’ Minas Gerais, Carla…

Leia mais >>

Filmes, crianças e o aprendizado delas

Com certeza você que está lendo já ouviu de seus avós as histórias de como…

Leia mais >>